Sementes de Abóbora Germinada JAMAIS!

Quando o assunto é GERMINAR SEMENTES é importante termos alguns cuidados. E o primeiro deles é saber quais são as sementes que são comestíveis através do processo de germinação e brotação. Para nos orientar temos uma tabela organizada pelo Terrapia/Ensp/Fiocruz, que está disponível para baixar gratuitamente no culinariaviva.com. Recomendo aos que tem interesse na boa prática da Alimentação Viva que tenham a tabela colada na sua cozinha e que a consultem sempre que decidir germinar uma nova semente.

Você lembra daquela frase “a diferença entre o remédio e o veneno é a dose”? Então, agora vamos ao caso concreto: SEMENTES DE ABÓBORA NÃO DEVEM SER COMIDAS GERMINADAS!

No processo de germinação alguns elementos são potencializados nas sementes, o que é bom pelo aspecto nutricional. A semente de abóbora é popularmente conhecida por suas propriedades vermifogas e, por isso mesmo, existe um entendimento de que consumir essa semente germinadas pode ser FATAL mesmo para adultos. Sintomas como muita dor de cabeça, extremo mal estar, enjôo, vômito,... entre outros muito desagradavéis são descritos por pessoas que fizeram essa não recomendada experiência.

Se o propósito for ver essas lindas sementes crescendo, lembre que elas podem ser plantadas no quintal ou num terreno baldio onde cresçam livremente, não são muito exigentes, com um pouco ou quase nada de cuidado, pode ser que você colha alguma abóbora e faça um maravilhoso Quibeibe da Dinda! Mas sempre vai poder colher as folhas e usar no Suco de Clorofila Brasileiro. Atenção: NÃO é recomendado o uso das sementes de abóbora no suco de clorofila, mesmo cruas, sem germinar. Se a idéia é comer as sementes de abóbora, elas podem ser comidas cruas, frescas ou secas ao sol. Puras ou com um bocadinho de sal ficam muito interessantes como beliscos ou aperitivos. Fazer uma farinha e acrescentar na comida dos humanos ou dos cachorros é interessante como um vermifogo natural.

Germine com juizinho, viu?
Juliana Malhardes
Educadora em Alimentação Viva