Cocadinha Mole de Chocolate

Receita Viva de Cocodinha Mole de Chocolate

Ingredientes
1 ½ xíc. de amêndoas germinadas
½ coco seco germinado
¾ de xíc. de cacau desidratado em pó
3 colheres de óleo de coco extra virgem
¾ de xícara de mel

Germine
• As amêndoas deixando de molho por 24 hs.
• O coco seco deixando de molho de 15 a 25 dias, trocando a água diariamente até observar o narizinho branco. Eventualmente encontramos o coco seco já germinado para comprar. Nesse caso deixe de molho por 24 hs.

Preparo
Descasque as sementes de amêndoas germinadas. Elas são bem grandes então descasque uma a uma. Descarte as cascas e sementes com pontos pretos ou sabor alterado (desagradável, diferente da maioria). Processe as amêndoas no liquidificador com ajuda de uma cenoura (que não deve tocar a hélice) até formar uma pasta homogênea.
Quebre o coco, por exemplo, colocando numa sacola plástica e batendo contra uma pedra ou superfície bem resistente. Também vale usar o bom e velho martelo da caixa de ferramentas, dando leves marteladas você também quebra o bichinho.
Cheire, observe para ver se o coco está bom, ou seja, livre de cheio de azedo. Retire a carne do coco que é aderida a casca. Faça isso com ajuda de uma faca pequena. Retire a parte escura. Liquidifique com água filtrada (para o caso de querer aproveitar o leite do coco em outra receita) e coe num pano ou num coador de voal até sair todo o líquido. Reserve metade do coco raladinho para o seu doce ou simplesmente só liquidifique ½ coco.
O cacau desidratado é a semente da fruta Cacau mesmo. Caso você tenha acesso a fruta remova a pele, coloque as sementes no sol para desidratar e quando estiverem bem sequinhas processe no liquidificador até virar um pó fino, como o cacau em pó mesmo. Caso não tenha acesso a fruta vale comprar o cacau granulado (www.planetacacau.com.br), processe no liquidificador até virar cacau em pó.
No liquidificador misture a pasta de amêndoas, o cacau, mel e o óleo de coco extra virgem até fica bem homogêneo. Retire esse creme do liquificador e acrescente o coco germinado “raladinho” misturando com ajuda de um garfo.
Sirva num pratinho para ser comido de colherinha, ou numa folha de bananeira cortada em quadradinhos como um guardanapo natural ou em forminhas como docinho de festa.

Bem quem avisa amigo é!
A voz da experiência ensina que esse alimento é altamente energético mesmo! :O)
Portanto consuma com moderação! Hehehe....
Não estranhe se tiver uma vontade incomum de movimentar o corpo, pedalar, correr, arrumar ou mesmo mais disposição para o trabalho com melhora na concentração e agilidade de raciocínio! ... entre outras cocitas más!

MUITA ENERGIA e BOM FIM DE SEMANA!

Com gratidão ao meu Zé pela receita original gringa de prestígio e a minha pupila querida Cris por seu encantamento pela vida com Alimento Vivo que alimentam com alegria nossas oficinas semanais!

Fotos:
docinho: internet
coco germinado: culinariaviva.com