Torta de Presente!

Ontem rolou um momento festa. E o evento pedia uma receita bem especial. Saquei da cartola a idéia de uma torta doce de "chocolate". E lá fui eu, sementes de girassol descascado germinado à agua! Tâmaras desidratadas! Bananas frescas! Cacau em pó! Pronto! Idéia perfeita! Sabores e afetos garantia de sucesso em qualquer encontro. Porém... as emoções bagunçaram o meu pequeno "pagode culinário vivo"... me impolguei com o grupo e achei de abstrair a base da torta na hora montar! É aquele detalhe das frutas picadas no fundo que explico na receita! Os velhos mestres culinários têm muita sabedoria por ter criado esse "detalhe" fundamental para manter a estrutura da fatia na hora de cortar para não desmilinguir! Bem... eu não "estruturei", e o que rolou? Desmilinguiu um lindo creme sabor chocolate com cara de mousse derretido a cada fatia....rsrsrs lindo!

Reflexões:
O que faltou de verdade? Faltou estar presente com serenidade! É isso serenidade e presença são temperos e são fundamentais para o sucesso de qualquer receita. Enebriada na emoção e desatenta deixo de observar os detalhes simples e essenciais que estão por tras de um prato que consideramos perfeito! E de ingredientes? Bananas menos maduras dão consistencia de pudim ao creme! E uma base arrumadinha, que poderia ser de bananas ou outras frutas como mamão e abacate picados pedaçudos ou em fatias! Só! No mais, foi uma deliciosa festa na cozinha! Muito bom!

Receita da Torta
Ingredientes:
5 xícaras de girassol descascado germinado (molho na água por 6 à 8 horas em dias quentes)
2 xícaras de tâmaras desidratadas sem sementes
6 bananas de sua preferência (3 maduras 3 bem menos maduras)
5 colheres de cacau em pó (ou o suficiente para dar a cor que vc gosta)
1 pepino (biossocador)

Preparo:
Massa: Num liquidificador coloco as sementes de girassol germinadas, liquidifico com ajuda de um pepino. Não devo usar água pq viraria um creme molengo... É pra ser a massa da torta, portanto consiste! O ponto é uma textura homogenea. Faço isso em pelo menos duas etapas para não forçar demais o motor do liquificamor. Pico as tâmaras e liquidifico com uma parte do creme de girassol até formar um creme marrom bem homogêneo. Modelo a massa para fazer uma torta aberta igual de desenho animado...rs Como quirches...
Recheio: Liquifico as bananas e o cacau. Pico algumas bananas e arrumo no fundo da torta. Acrescento o creme. Decorei com nozes cruas e cacau polvilhado!

Espero ter te inspirado pra praticar uma receitinha simples e saborosa, temperada com serenidade e alegria, para um Natal bem vivo, leve e solto!

Com muito carinho,
Juliana Malhardes